Infertilidade é doença e tem tratamento

Artigos sobre Infertilidade e Reprodução Humana

Ser infértil significa não ter filhos? Não, a infertilidade é uma doença que, apesar de atingir de 15 a 20% da população, tem tratamento.

Junho é o Mês Mundial de Conscientização da Infertilidade e reflete a importância de compartilhar informações relevantes sobre o tema, para ajudar mulheres e casais que lutam para ter filhos.

Além disso, é uma oportunidade de alertar as pessoas que sonham em formar uma família no futuro sobre a necessidade de cuidar e preservar sua fertilidade hoje.

Infertilidade é doença e tem tratamentoIsso porque a medicina reprodutiva dispõe de técnicas para ajudar quem está tentando engravidar e quem deseja preservar a fertilidade.

Lembro que a infertilidade atinge tanto homens como mulheres, por isso após um ano de tentativas para engravidar em casa sem sucesso, recomendo procurar um especialista em reprodução humana para investigar as causas de infertilidade conjugal.

Já abordei em outros textos de forma mais detalhada diversos fatores que causam a infertilidade feminina, como a idade da mulher, a endometriose, hábitos de vida, entre tantos outros.

Isso tudo sem falar do impacto irreversível na fertilidade da menopausa precoce e, também, dos tratamentos de quimioterapia para combater o câncer.

Assim, para as mulheres que querem ser mães, é imprescindível cuidar da sua saúde reprodutiva regularmente.

Lembre-se de que na rotina ginecológica anual é preciso mais do que exames preventivos, mas também ter uma avaliação regular do seu potencial reprodutivo.

Se você deseja ser mãe, compartilhe esse sonho com seu ginecologista e busque informação de fontes confiáveis sobre o assunto.

Dúvidas? Envie um WhatsApp 11 96330-0460.

Prof. Dr. Thomas Miklos
CRM 86811
Reprodução Humana Assistida

#infertilidade #infertilidadeconjugal #infertilidadefeminina #sonhodesermae #engravidar #preservacaodafertilidade #tentantes2020 #instatentantes #medicinareprodutiva #reproducaohumana #drthomasmiklos #rrtclinicadamulher