Preservação Social da Fertilidade

Fertilidade Congelamento de ÓvulosNos últimos anos, os avanços tecnológicos da reprodução humana assistida mudaram o rumo das mulheres e casais no que se refere à fertilidade.

Hoje, as técnicas de congelamento de embriões, de espermatozoides e de óvulos são uma realidade e abriram uma nova área na reprodução humana, chamada Preservação Social da Fertilidade.

Pacientes com câncer, endometriose, cirurgias ovarianas e patologias que comprometem os ovários ou a fertilidade podem ter seus gametas (óvulos e espermatozoides) congelados.

Atualmente, o novo papel da mulher na sociedade e mercado de trabalho, faz com que ela priorize o aspecto profissional em detrimento da maternidade, adiando assim a busca da gestação e sem saber que este adiamento pode comprometer seriamente a quantidade e, principalmente, a qualidade dos seus óvulos, dificultando uma gravidez tardia.

Esse binômio, quantidade e qualidade dos óvulos, piora de forma rápida e exponencial a partir dos 35 anos da mulher.

Com a técnica de preservação social da fertilidade, a mulher tem a opção de congelar seus óvulos para uma gestação futura. Porém, é importante lembrar que isso não é garantia de gestação, mas sim uma estratégia para ganhar tempo.

Existe um exame que avalia de forma mais fidedigna a quantidade de óvulos da mulher, chamado Hormônio Anti-Mülleriano (AMH).

O corpo clínico da RRT Clínica da Mulher entende que toda mulher, em algum momento da sua vida reprodutiva, deveria ter a noção de sua reserva ovariana, para um melhor planejamento do sonho da maternidade.

É importante lembrar, também, que a idade da mulher reflete diretamente na qualidade dos óvulos, uma das principais variáveis para a fertilidade humana.

Por isso, recomenda-se que uma consulta com o especialista sobre fertilidade deve ser realizada por todas as mulheres que desejam uma gestação, com o propósito de identificar fatores de risco que possam comprometer uma gestação e, o mais importante, ensinar pacientes e casais sobre saúde reprodutiva.

O congelamento de óvulos e embriões segue os mesmos passos de uma FIV, porém os óvulos são congelados quando captados e os embriões após a FIV no terceiro ou quinto dia.

A RRT Clínica da Mulher tem muito a contribuir com mulheres e casais, com ou sem problemas de fertilidade, no que diz respeito à educação e a orientação sobre saúde reprodutiva, que é a chave para se evitar problemas futuros de reprodução e realizar o sonho de ter filhos.